Skip to content

Como deve ficar o serviço dos bares e restaurantes pós-pandemia?

futuro-bares-lanchonetes

A pandemia da Covid-19 nos trouxe incertezas, porém sabemos que nada será igual depois que tudo isso passar. Conforme a atividade econômica vem sendo retomada, alguns hábitos antigos devem ser mudados, outros alterados, mudando o nosso jeito de viver. Um dos setores que foi profundamente afetado é o da gastronomia. Como ficarão os bares, restaurantes e cafés após a pandemia? O que terão que fazer para trazer os consumidores de volta? Como eles se sentirão seguros? Essas e outras questões, já estão sendo muito discutidas e os especialistas alertam para algumas tendências.

Algumas pessoas estão animadas pela volta dos bares e restaurantes, outras temem pela possibilidade de contágio, pelo menos até que se crie uma vacina. Além disso, o isolamento forçado fez muita gente criar novos hábitos, (re) descobrir o prazer de cozinhar. Muita coisa tem mudado desde o início da quarentena. As dúvidas surgem e a incerteza também, porém o modo de readequação com certeza será uma verdade para todos.

No caso dos bares e restaurantes, em alguns estados com a reabertura já retomada, novas regras foram implantadas para o funcionamento dos estabelecimentos. E embora ainda não se conheçam todos os detalhes, elas incluem redução da capacidade do salão, distanciamento maior entre as mesas, incentivo ao material descartável em vez de pratos de louça, talheres de metal e copos de vidro. Neste novo cenário, muitos restaurantes já preveem que o delivery, ampliado durante a quarentena, se torne uma importante fonte de receita durante retomada. Mesmo sem saber exatamente como será o futuro do setor e entidades de classe, analistas já dão como certo que muitos não sobreviverão ao novo momento. Uma pesquisa da Associação Nacional dos Restaurantes mostra que 21,4% das empresas ouvidas durante a quarentena, acham que não vão conseguir reabrir. A pesquisa também mostra que 65,5% passaram a operar no delivery, mas tiveram queda de faturamento superior a 70% comparando a segunda quinzena de março com a primeira.

Tendências para o setor

Delivery

O serviço delivery ou drive thru, com certeza já estão mais presentes nos estabelecimentos. Por isso, algumas mudanças já estão ocorrendo, como, arquitetura dos estabelecimentos, com janelas que podem ser acessadas do lado de fora e adequação do cardápio a itens que resistam ao transporte, tanto em termos de apresentação quanto a temperatura, textura, entre outros. Criação de novas embalagens de transporte, tanto para comidas quanto para bebidas.

Redesenho do salão

A redução da capacidade de pessoas nos estabelecimentos já foi definida, com espaço mínimo entre as mesas, cadeiras. Porém, os bares e restaurantes devem também incluir em seus novos projetos um novo fluxo dentro do espaço, com entradas e saídas por lugares diferentes, para evitar o contato entre as pessoas, pias espalhadas pelo salão, para que o cliente não precise andar muito até o banheiro para lavar as mãos.

Descartáveis

A ampliação do uso de materiais descartáveis vem aumentando, porém este item deve gerar polêmica pelo aumento da produção de lixo. Mas, a exemplo do que aconteceu com os canudos, consumidores podem preferir levar seus utensílios, especialmente copos e canecas.

Valorização do espaço ao ar livre

A tendência de barzinhos e restaurantes pequenos, com todo mundo perto, antes visto como acolhedores, passarão a ser encarados como lugares de risco. Portanto, daqui em diante, devem ganhar destaque os bares e restaurantes instalados em lugares abertos, com jardim, calçadas, com amplo espaço de circulação entre as mesas.

Nova fachada

Pias do lado de fora para atender não apenas aos clientes, mas também aos passantes passarão a ser vistas como um retorno da empresa à comunidade onde está instalada. Janelas de encomendas e entrega de delivery ficarão do lado de fora, para evitar que o cliente tenha que entrar no restaurante para pegar a encomenda.

Cozinhas com padrão de limpeza hospitalar

Novos padrões foram criados para limpeza de equipamentos, superfícies e manipulação de alimentos. Funcionários já utilizam máscaras e outros equipamentos para evitar o contato.

Novos horários

A vida noturna deve sofrer também uma alteração. Com a menor frequência a casas noturnas e locais que têm aglomeração, como boates, bares e restaurantes também podem ter seus horários adiantados.

Mesmo com algumas destas mudanças já acontecendo em alguns estados e cidades, o futuro do setor ainda é incerto e outras tendências ainda devem ocorrer. Os especialistas alertam que este é o momento de reinventar, manter o contato com os clientes através das redes e apostar em novidades, que passem segurança para atrair o público.

ManyMinds® Soluções e Software

Rua Gustavo Maciel, Jardim Nasralla 22-040, 8° andar, Bauru | SP

comercial@manyminds.com.br

(14) 3245-9777

ManyMinds® - Todos os direitos reservados - 2020